terça-feira, 7 de outubro de 2008

Ericeira - Gabriel Cardoso

«Praias de águas cristalinas / De areias da cor do ouro / São beijadas pelo mar / Em espuma de rendas finas / São verdadeiros tesouros / Que sempre nos faz voltar.
.
Ericeira, Onde o Mar é Mais Azul / Nas belas praias do sul / De doirada e fresca areia / Ericeira, és tão bela e tão formosa / No desabrochar de uma rosa / Em noites de lua cheia.
.
Entre as suas tradições / Santa Marta junto ao mar / Envolve rubros poentes / Em tardes feitas serões / No seu parque a brincar / Mil crianças sorridentes.
.
Ao partir para o exílio / Da Praia dos Pescadores / Dessa adorada Ericeira / D. Amélia pede auxílio / Dão-lhe carinho e flores / E a fuga numa traineira.»


3 comentários:

PixaComXis Produxões disse...

Infelizmente agora é mais samba

Gabriel disse...

Mas, xis, também tu alinhas num sambinha pela costa algarvia...

PixaComXis Produxões disse...

eu alinho num sambinha, em qq costa ou com ela de costas